O livro das férias

Poster

O jovem Ali (Tayfun Gunay) acorda cedo e vai para a escola. O último dia de aula do semestre passa lentamente, mas sem grandes surpresas. Antes de liberar os alunos, o professor entrega o livro das férias e recomenda que os meninos estudem e façam os exercícios para não voltarem sem lembrar da matéria. Na porta do colégio um menino mais velho arranca o livro das mãos de Ali e foge correndo. O garoto percebe que suas férias não serão nada normais.

O roteirista e diretor Seyfi Teoman utiliza um recorte da família do jovem Ali para mostrar as angústias e desesperanças dos moradores de uma pequena cidade próxima a Istambul. O irmão mais velho de Ali também está de férias, ele retorna para casa depois de mais um ano na academia militar. Veysel (Harun Ozua) não suporta a vida militar, pensa em desistir da carreira e toma coragem de contar a decisão ao pai, um austero e avarento agricultor que nem cogita a possibilidade do filho desistir do futuro certo como oficial do exército turco.

livrodasferias2Veysel compartilha do problema com o tio Hasan (Taner Birsel) e pede ajuda para pagar a multa de mil liras turcas. Hasan que não tem o dinheiro, já que a quantia é considerada alta, administra o açougue deixado de herança pelo pai e sempre discuti com o irmão mais velho por não ter conseguido vencer na vida sozinho.

Mustafá (Osman Inan) não quer que seu filho mais novo, Ali, siga os passos rebeldes do tio Hasan e do irmão mais velho e mantém o garoto sempre por perto. Com medo, Ali não conta que teve o livro das férias roubado e sem ter nada para fazer é obrigado a acompanhar o pai ao trabalho e vê seus dias de brincadeira se tornarem um sonho impossível.

livrodasferias4

Güler (Ayten Tokun) sente a tristeza dos filhos e resolve interceder junto ao marido. Na verdade, Güller quer um pretexto para discutir e arrancar o nome da amante que ela jura que Mustafá sustenta.

Com esse mosaico de problemas e confusões estabelecido, Seyfi Teomam nos mostra que as dúvidas são as mesmas em qualquer parte do mundo. O que vou fazer quando crescer? Qual profissão vou escolher? Eu sou um bom pai? Estou acertando em trilhar esse caminho?

Teomam não fez um filme contemplativo e não deixou seus personagens sem rumo, ao contrário, fez questão de colocar mais fogo na lenha. Mustafá sofre um derrame cerebral quando voltava de viagem. Ao recobrar a consciência, o velho só consegue dizer ao jovem Ali que deixou muito dinheiro no carro e pede que o garoto vá buscar antes que alguém o roube. Está instalada a confusão. Güller tem certeza que o dinheiro era para a amante, Veysel vê a oportunidade de escapar do exército, Ali precisa voltar para a escola e sobra para Hasan a tarefa de recuperar o carro, o dinheiro e a honra do irmão.

Teomam nasceu na Turquia, em 1977, e estudou Direção Cinematográfica na famosa Escola Nacional de Cinema de Lodz, Polônia, a mesma de Roman Polanski. Em 2004, fez seu primeiro curta-metragem, Apartman, selecionado para vários festivais. O livro das férias, seu primeiro longa-metragem como diretor, venceu seis prêmios internacionais, entre eles o Zenith de Bronze no Montreal World Film Festival.

livrodasferias1

O livro das férias (Tatil Kitabi)

Turquia, 2008. 92 minutos

Direção: Seyfi Teoman

Tags: , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: